Para personalizar rodas, é preciso muito cuidado

Colocar rodas de aros maiores ou menores pode comprometer o desempenho do veículo e causar graves acidentes.

roda de carro

Tome cuidado ao trocar o estilo de roda do seu carro. Evite tamanhos maiores ou menores.

A roda virou um objetivo de desejo de muitos motoristas. Para quem adora personalização, então, nem se fale. Diminuir o aro, aumentar, colocar rodas com material mais leve e brilhante virou febre entre os apaixonados por “tunning”. Mas qualquer tipo de mudança pode prejudicar – e muito – a perfomance do seu carro.

Segundo Pedro Luiz Scopino, consultor técnico e diretor da Sindirepa, o Sindicato dos Mecânicos de São Paulo, qualquer tipo de alteração que não veio de fábrica pode ser prejudicial. “A troca de aros, diâmetros, não é recomendado pelos fabricantes. Existe todo um cálculo de engenharia para o tamanho da roda, a suspensão tem que estar adequada, o espaço entre a roda e o para-lamas é pré-definido, e até o que mostra o velocímetro será influenciado pelo tamanho da roda”, disse.

“Não tem meio termo. Botar uma roda que está meia polegada maior está errado”, concluiu.

Se o proprietário do carro optar por colocar uma roda com aro maior, a suspensão e o alinhamento vão definhar e afetará diretamente a estabilidade do veículo, podendo causar acidentes em auto estradas onde a velocidade ultrapassa 120 km/h.

Por isso, para qualquer tipo de alteração, leia o manual do carro ou procure o fabricante. Procure sempre seguir as especificações técnicas em casos de trocas urgente.